Contornos - Educação e Pesquisa: Linha do tempo - Sociólogos clássicos

Principais artigos

14 de abril de 2013

Linha do tempo - Sociólogos clássicos


Por questões curriculares, tive que trabalhar com meus alunos as contribuições de autores clássicos para a Sociologia. Tenho pensado em formas didáticas de fazer isso, o que não é nada fácil. Estudando para o assunto, pensei em organizar uma "linha do tempo" de pensadores da Sociologia, procurando localizá-los visualmente quanto à época e país de atividade. O resultado está aí. :)

Cabe destacar que a linha do tempo é um recurso didático que demanda escolhas, por isso, ela nunca será "completa". O critério para composição da lista foi de autores citados em planos de ensino de disciplinas do curso de Ciências Sociais, porém, ainda assim, há muitas lacunas e autores/as que ficaram de fora. É notória a ausência de mulheres, a respeito da discussão sobre as mulheres nos marcos de memória da fundação da Sociologia, veja este artigo: A mãe fundadora negligenciada - sociologia e androcentrismo

Veja também: Órbitas sincrônicas: sociólogos e intelectuais negros em São Paulo, anos 1950-1970

Quando se estuda Sociologia fora do curso de Ciências Sociais, é comum serem apresentados apenas autores clássicos (geralmente Marx, Durkheim e Weber). No entanto, a Sociologia se desenvolveu e se diversificou muito no século XX, processo que segue atualmente com autores de diversas partes do mundo, ainda com o desenvolvimento e maior visibilidade de linhas de pensamento criadas a partir de países fora do centro europeu e norte-americano de produção intelectual.

Você também pode visualizar a linha do tempo em planilha compartilhada: 
https://docs.google.com/spreadsheets/d/1AnLhPy3R1TN691jiUaYd0mKs9r_qXEg8aqwV7eoRCfA/edit?usp=sharing

Clique na imagem para ampliar 

(1) nascido na Alemanha, mas morou também na França e na Inglaterra
(2) nascido na França e radicado na Itália
(3) nascido na Hungria e radicado na Alemanha
(4) nascido no Canadá e radicado nos EUA
(5) nascido na Áustria e radicado nos EUA
(6) nascido na Tunísia e radicado na França

Transcrição da lista de autores:

Augusto Comte (1798 - 1857)
Karl Marx (1818 - 1883)
Herbert Spencer (1820 - 1903)
Vilfredo Pareto (1848 - 1923)²
Émile Durkheim (1858 - 1917)
George Simmel (1858 - 1918)
Max Weber (1864 -1920)
Marcel Mauss (1872 - 1950)
Walter Benjamin (1892-1940)
Karl Mannheim (1893 - 1947)³
Max Horkheimer (1895 - 1973)
Norbert Elias (1897 - 1990)
Gilberto Freyre (1900-1987)
Talcott Parsons (1902-1979)
Theodor Adorno (1903-1969)
Alberto Guerreiro Ramos (1915-1982)
Wright Mills (1916-1962)
Florestan Fernandes (1920-1995)
Edgar Morin (1921)
Erving Goffman (1922-1982)⁴
Darcy Ribeiro (1922-1997)
Zygmunt Bauman (1925-2017)
Michel Foucault (1926-1984)
Jürgen Habermas (1929)
Peter L. Berger (1929-2017)5
Pierre Bourdieu (1930 - 2000)
Herbert José de Sousa (1935-1997)
Anthony Giddens (1938)
José de Souza Martins (1938)
Domenico De Masi (1938)
Boaventura de Sousa Santos (1940)
Pedro Demo (1941)
Manuel Castells (1942)
Bruno Latour (1947)
Pierre Lévy (1956)

*Última atualização em janeiro de 2019.

4 comentários:

  1. Muito boa essa linha do tempo. Parabéns pelo trabalho!

    ResponderEliminar
  2. Estou estudando sociologia e filosofia par uma disciplina do mestrado e muito obrigada por compartilhar. mariainesmollmann@gmail.com

    ResponderEliminar
  3. Olá
    Muito boa sua linha do tempo, poderia atualizar Baman faleceu em 9/01/2017.
    Senti a falta de Wilhelm Friedrich Hegel (Stutgart 27/08/1770 - Berlin 14/11/1831),
    Claude Henry de Rouvroy - Conde de Saint-Simon (Paris 17/10/1760 - 19/05/1825) e Hugo Assmann (Venâncio Aires, 22 de julho de 1933 — Piracicaba, 22 de fevereiro de 2008).
    Grande abraço
    Janeide

    ResponderEliminar