Contornos - Educação e Pesquisa: Utilizando o Notion nas atividades docentes

25 julho 2021

Utilizando o Notion nas atividades docentes

O Notion é um aplicativo/plataforma que ganhou notoriedade nos últimos tempos devido a sua multi funcionalidade. Pode ser desde um bloco de notas até um gerenciador de projetos robustos. Nas minhas férias de 2021 (férias em isolamento pandêmico), decidi ir migrando alguns painéis de outros aplicativos para experimentar e, desde então, tenho desde listas de filmes e livros até planejamentos de aula e páginas para compartilhamento de material com os estudantes.


Pelo fato de apresentar muitas possibilidades, o uso do Notion pode parecer um pouco confuso no começo. Por isso, é interessante começar pelos modelos já existentes - “templates”. A partir desses modelos você vai entendendo o que é possível fazer com a ferramenta e vai adaptando para a sua realidade.


Como tem funcionado para minha atividade docente


Uma questão importante que fui pensando ao longo dessa montagem foi que isso não poderia ser mais uma tarefa na minha rotina e sim uma forma de facilitar o gerenciamento de tantas informações. Neste ano tenho 15 turmas em 3 escolas e em algumas tenho dois componentes curriculares diferentes, o que vai multiplicando os registros de forma insana. 


Neste primeiro semestre de 2021, o que mais tenho utilizado são os painéis:


  1. Plano anual (previsão geral para 2021)

  2. Obras de referência para a professora (base dos planejamentos)

  3. Banco de questões

  4. Sequência de aulas por ano/disciplina

  5. Páginas de referência para os estudantes


Os três últimos painéis são os mais importantes para mim. 


Banco de questões


O banco de questões é um pouco trabalhoso para ir formando, mas depois ajuda muito. Estou sempre precisando buscá-las e já tentei compilar de várias formas, esta finalmente atende as minhas necessidades.



Essa é a tabela com os temas, conceitos, autores e a origem da questão (mais uma coluna para marcar se a questão já foi utilizada neste ano). Ao clicar na página, abre a questão.



 

Sequência de aulas por ano/disciplina

 


Ao clicar em cada aula, é possível ter uma página com as informações e roteiro. Nessa imagem já aparece o semestre pronto, mas, quando estava planejando, ia inserindo ideias na página de cada aula.



Ao definir os temas e a sequência, sempre que me ocorria uma ideia, ia inserindo na página correspondente, o que auxiliava na hora de montar o roteiro mais formal que vai para os estudantes depois.


Páginas de referência para os estudantes


As páginas de referência para os estudantes foram uma necessidade que surgiu ao longo do ano letivo, uma vez que a plataforma da rede por vezes não funcionava, eles tinham problemas com login, etc. No Notion, você pode compartilhar um painel em forma de site, no qual as pessoas podem acessar e somente ver. A URL não é amigável, mas um encurtador resolve o caso. Compartilhei o link com os estudantes por bluetooth ou escrevendo no quadro mesmo e lá estavam todas as informações que eles poderiam precisar em casa (já que a maior parte das turmas neste ano está no modelo “híbrido”).



Na tabela com os roteiros de estudos há uma página por quinzena com o conteúdo e questões para fazer no “tempo casa”. Nessa página também tem as indicações sobre como funciona o ensino híbrido, formulário de contato com a professora e outros links importantes. Nem todos os estudantes têm acesso à internet, nesse caso, envio para cada um os roteiros por bluetooth (felizmente são raros os casos de adolescentes sem celular, a questão tem sido o acesso à internet).


Enfim, são tantas possibilidades que pode ficar confuso, mas também é divertido ir explorando e com o tempo os registros ficam muito interessantes. Esses foram exemplos bem particulares da minha rotina, fique à vontade para compartilhar a sua forma de organização também, assim podemos conhecer mais possibilidades. :)

 

Outras experiências

 

 Usos do Notion por outros professores:

- Aulas e materiais prof. João Gilberto Saraiva
- Introdução a Engenharia de Computação - prof. José Edil G. de Medeiros

 (em construção)

  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo contato!